Artigo: 9 Pensamentos sobre Intuição

Escrito por: SuelÍ Rocha |  Postado em:  | Categoria: 

O que é intuição?

“Para Albert Einstein, a única percepção verdadeiramente importante era a intuição. Não é magia nem sedução, só essa sutil capacidade que nos faz inclinar a balança um pouco mais para um lado, ela que em pouco mais de dois segundos nos permite julgar se uma pessoa é confiável ou não. A intuição é a linguagem da alma guiada pelo caminho da experiência inconsciente escondida em nosso cérebro”. [https://amenteemaravilhosa.com.br/intuicao-alma-que-nos-fala]

O que é ser intuitivo? Eu, por exemplo, antes do ThetaHealing®, não me percebia intuitiva, por acreditar que um intuitivo devia ser paranormal, daí “como sou normal, logo não sou intuitiva”.

Quando o fiz o DNA 1, curso básico do ThetaHealing®, quase parei, não fosse o colega Wilson Sugiura, que percebendo o valor desta técnica rapidamente quis aprofundar e exercitar mais e estimulou a organização de um grupo de estudo e de prática em dezembro de 2011, que ocorreu até março de 2020 em minha casa. Agora, ele é on-line toda quarta, para quem já fez cursos comigo.

Em virtude de eu ter participado desse grupo desde o início, hoje afirmo que foi o grupo que me fez me sentir segura, querer fazer os demais cursos e eu chegar a ser instrutora a partir de 2014.

As trocas de experiências em grupo, os questionamentos, os estudos, as dúvidas, realmente me ajudaram muito.

Muitas vezes eu quis parar, acabar o grupo, por me sentir sem possibilidade de visualizar o trabalho feito pelo Criador e devido a isso, eu não conseguia testemunhar o término da cura feita por Ele.

Wilson foi paciente e firme comigo. Dizia-me: “Calma! Crie um código, uma maneira de visualizar a imagem completada, saber que o trabalho do Criador terminou”.

Fui praticando com meus clientes, em mim a sessão de ThetaHealing® e hoje, posso lhe dizer que muitos pensam que vejo. Sinto. Percebo. Sou intuitiva e acesso a conexão com o Criador com tranquilidade.

A primeira coisa que acesso, pergunto ao Criador, confirmo a resposta que recebi e Lhe pergunto se devo seguir trabalhando com ela. Se recebo “sim”, pergunto ao cliente se faz sentido para ele o que vi. Se este responde “não”, ainda assim eu guardo essa primeira imagem, porque, em geral, ao final da sessão ou em uma próxima sessão, fará sentido para o cliente.

Hoje, agradeço a persistência do Wilson que está junto ao Criador e onde está sabe que seu esforço valeu, foi bom, continuo com o grupo e divulgando o ThetaHealing®, como instrutora, sendo útil ao universo e fazendo o que amo – dar aula, passar o que já experenciei e vi que o outro também pode experimentar e crescer mais levemente neste planeta.

Vianna Stibal trouxe essa técnica para o planeta Terra em 1994 e ainda hoje é muito importante para que muitos ao redor do mundo acessem seus poderes reais, relembrem que por direito divino de nascença estão sempre conectados ao Criador e todos são intuitivos.

É preciso a pessoa para acessar sua intuição, sair do piloto automático de sentir a sonolência espiritual. Relembrar que é um ser espiritual em corpo físico e realizar seu propósito divino na Terra.

Toda vez até hoje quando alguém traz uma questão no grupo, busco uma resposta com o Criador e com isso também cresço e aprendo muito.

Ainda aprendo com os atendimentos individuais, e quanto mais fico na onda cerebral teta e no chakra cardíaco no amor incondicional, sem julgamento e aberta à energia divina, mais amplio minha intuição. Vamos seguir avaliando a intuição?

Importante você refletir ou testar as crenças limitantes abaixo se já fez o DNa1, de pé, fazendo o corpo de pêndulo. • Ao falar “Sim”, o corpo deve ir para frente. • Ao falar “Não”, o corpo deve ir para trás. • Se não for, beba água aos goles, esfregue seus Rins. Toda vez que os pensamentos são reafirmados no subconsciente, a vibração emitida pelos pensamentos negativos aumenta e provoca um desconforto maior e mais nos afastamos da nossa essência.

Eu posso mudar o que não desejo mais e sair dessa frequência negativa, dessa energia imobilizadora de achar que não sou intuitivo/a. Quando entendo que todos são intuitivos, todos têm capacidade de acessar a mensagem vinda da Fonte, ao acalmarem a mente no próprio coração, aprendem a lição de que são um ser divino neste planeta.

No curso ThetaHealing®, DNA 1, você aprende outras formas para testar suas crenças limitantes, poder confirmar ou não se cada crença existe no seu subconsciente e ainda influencia seu dia-a-dia independentemente de sua vontade dita consciente. Importante você estar em um ambiente tranquilo e que nele ficar sem ser interrompido por alguns minutos.

Vamos ao primeiro pensamento?

  1. Ver cor e arco-íris é para intuitivo. Em geral, as pessoas dão valor e poder para o que as outras dizem ver e nem percebem que no dia-a-dia estão até ao entrar em um ambiente ligadas à informação que o próprio corpo lhe passa. Apenas dizem que não gostam de uma pessoa, sem que lhe tenha feito algo.
  2. Julgo-me incapaz de perceber a verdade. Por que acreditar em algo se nem confirmei ainda? Por que ir por um caminho mais longo, se posso ir pelo mais perto?
  3. É bobagem o que estou sentindo. Essa pessoa também não sente o prazer de seguir os avisos que o organismo lhe dá até em relação a um alimento.
  4. Espírita é quem intui. Alguém de outra religião ou crença, muitas vezes deixa de fazer o que vem à sua mente consciente por acreditar ser loucura ouvir seus próprios pensamentos diferentes do que está acostumada fazer. Há uma arrogância espiritual de que ser intuitivo é ser inferior, é ser trapaceiro, desequilibrado mental. Acha-se superior por deixar de ser taxado de louco, maluco, estar fazendo coisa errada. Ser certinho para algumas famílias é deixar de ouvir a voz do coração.
  5. Intuitivo vive nas nuvens, sem centramento. O intuitivo muitas vezes é desqualificado e fica sem se sentir aceito, respeitado, amado por perceber reações não ditas com clareza entre quem convive com ele.
  6. Sinto-me diferente de meus familiares. Algumas famílias todos sentem, têm sensibilidade e como não ousam trocar essas informações, cada um dos membros passa a guardar em segredo algo comum a todos e aquele que expõe o que vive, vira o doente identificado como doente mental, como mente fraca.
  7. Intuitivo vive só. “Eu defino a intuição como o saber sutil sem ter qualquer ideia de por que você sabe”, disse ao Huffington Post Sophy Burnham, autora de The Art of Intuition. “É diferente do pensamento, é diferente da lógica ou da análise. É um saber sem saber”. Como quem é intuitivo fica sem saber como sabe determinada situação, acaba se sentindo sozinho, desamparado, por não saber com quem compartilhar, como será recebida a sua informação ou como será julgado, por não ter explicação lógica, cientifica.
  8. Faço coisas inusitadas e nem reconheço o quanto são diferentes. “Todas as pessoas estão ligadas à sua intuição, mas algumas pessoas não prestam atenção a ela, como intuição”, fala Burnham. “Ainda não conheci nenhum empresário de sucesso que não dissesse “não sei por que fiz isso. Foi um palpite’.” Quantos palpites possibilitam que usufruamos uma vida moderna mais agradável e fácil?
  9. Sou um observador constante. Observo tudo, todos e fico na minha, no anonimato. No posto da observação, fico escudado de ser considerado louco, estudante sem vida social. Quando sou chamado de introvertido, de não comunicativo e de fato desde criança fui como um bichinho do mato, arredio, tudo aconteceu por ficar com medo de expor a sensibilidade.

Como alguém pode valorizar ser intuitivo, se apenas isso o faz inseguro, infeliz, afastado do social, isolado? Inclusive ao ir a médicos, muitas pessoas sensíveis precisam estar atentas, para passarem como normais e voltarem para casa com seus poderes salvaguardados.

Já refletiu? Agora pode testar e ver se você tem crenças que limitam sua intuição.

Agora respire profundo 3 vezes.

Relaxe o corpo, permita que a respiração abra todas as áreas do corpo que possam estar bloqueadas.

Se houve resposta “sim”, comande: “Criador, peço humildemente, que todas as crenças sobre intuição sejam liberadas, levadas à luz de Deus e transmutadas pela força da luz dourada do Grande Sol”.

Agora respire, relaxe o corpo, permita que a respiração abra todas as áreas do corpo que possam estar bloqueadas.

Sinta a força dos seus Anjos, de toda sua Equipe Espiritual e a Luz Branca, Branca, Branca envolvendo vocês, a crença limitante, sentindo o Criador no comando de sua vida a partir de agora.

Quando puder, abra os olhos e se veja agindo de forma diferente em uma situação que você deseja resolver a partir de agora de forma diferente de como lidava com ela até hoje. Boa continuação no seu trabalho interior. Há vídeos e outros temas que você pode explorar.

Compartilhe abaixo a sua experiência como intuitivo. Muitos poderão reconhecer a própria intuição através da sua sensibilidade aqui mencionada. Até lá. Bom trabalho! Suelí Rocha, instrutora de ThetaHealing® Curitiba, 07/11/2017.

PS:E agora se você se desejar, pode fazer a meditação. Meditação "Minha Essência", Canal do YouTube: Suelí Rocha - Frequencia Theta Boa continuação no seu trabalho interior. Há vídeos e outros temas que você pode explorar.

Sobre a loja

Tudo que você precisa para práticas de uma vida melhor. Com essa técnica terapêutica que ajuda o indivíduo a reencontrar-se com o seu corpo, a perceber o que realmente se está a passar no mais profundo do seu Ser.

Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Frequencia Theta - CNPJ: 33.562.686/0001-63 © Todos os direitos reservados. 2021